segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Mais um dia comum. Quero sumir.

Cena esquisita é quando um cidadão coloca a mão no bolso de trás de uma calça jeans velha, daquelas que cobrem até o meio do peito, e tira um pente.

Cena grotesca é quando o sujeito usa um daqueles pentes de colocar na mão, como uma luva, e penteia um cabelo que nem se pode chamar de cabelo penteável, pois é raspado quase no talo.

Aberração da humanidade é o mesmo camarada ter a unha do dedo mindinho comprida pra coçar o ouvido.

Tudo isso de uma só vez, em uma passarela da cidade. Credo, eu mereço morar em outro planeta.

3 comentários:

Jackline disse...

Elmo!!! eu tô chorando de rir aqui!!

hauhauahuahuahhauahauhauhuhauahuahauhuhuhauahauhauhauahuahauha!!!

tem dias que também esbarro com figuras assim!

é de doer, meu caro!
de doer!

beijos, amo!

Bala de Goma disse...

sabe quando vc adora um post?

foi o que me aconteceu agora!

ahahahaha!

beijo querido!
qualquer coisa, já sabe... tamo junto!

Duda Carlini disse...

Perfeito, simplesmente perfeito!