sábado, 27 de setembro de 2008

Pensamentos estupidamente estúpidos

Andando pela rua a caminho do ponto de ônibus, me ocorreu (novamente) um tipo de pensamento que me persegue há muito tempo.

É o tipo de mensagem que o meu cérebro processa tão rápido que eu não consigo conter. Mas o mais legal é que, uma fração de segundo depois, eu mesmo descarto a bobagem, dialogando compulsivamente comigo mesmo.

Agora que já estão com a cabeça imaginando um milhão de bobagens, posso contar qual é o meu pensamento retroativo babaca de sempre.

Como disse, estava indo ao ponto de ônibus onde pegaria uma condução até a estação de trem, na qual poderia subir em um vagão que me levasse até a capital.

É nesses momentos, especialmente quando se está atrasado, que a tragédia se dá. O ônibus passa ao longe, e não daria tempo nem de correr para tentar pegá-lo. Perder o busão funciona praticamente como disparar um dispositivo interno.

Então surge em minha mente o tal pensamento: "Cacete... Se ao menos eu conseguisse correr como o Flash, eu conseguiria alcançar o ônibus..."

Prontamente, meu grilo falante berra em meus ouvidos: "Ô idiota, se você corresse como o Flash, não precisaria pegar o ônibus, era só correr até o Ipiranga..."

Na mesma linha tem o "Ah! Se eu voasse como o Superman, eu poderia voar até a estação de trem..."

Pois é, caros desocupados leitores, acontece, eu confesso.

Mas eu juro que acho que sou normal...

Um comentário:

Cintia disse...

Eu também já tive esse tipo de pensamento... por exemplo: "Nossa, se eu fosse um x-men poderia trabalhar no circo..."
rs