segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Da série "Eu não possuo condicionamento físico. Alguém tem um pra me emprestar?"

Sempre tem aquela velha promessa a começar "na próxima segunda", né? Pois bem, hoje foi segunda, e ainda por cima primeiro de fevereiro. Resolvi começar a me exercitar e fui correr numa pista que tem aqui no bairro, uma espécie de mini parque horizontal.

Me vesti a caráter: camiseta dry fit, um shorts confortável e meu tênis esportivo. Coloquei uma musiquinha pra tocar e fui a pé até o local, a umas três quadras de casa.

Cheguei lá, alonguei pernas, braços, pescoço, tudo na maior disposição, com toda pinta de corredor profissional. Eu devia virar ator, porque estava até me convencendo de que fazia aquilo todos os dias.

Disparei o contador do celular, que me garantiria meia hora de tortura exercício físico no meio da tarde.

Comecei a andar, numa boa, atento à respiração... Inspira, expira. Sentindo o momento. Curtindo aquele raríssimo acontecimento. Quando chegou tipo no meio do caminho de ida, eu dei uma acelerada. Mas aí a rua começou a subir, e eu comecei a morrer.

Achei prudente dimunuir o ritmo até o final da pista. Fiz a volta e aí era descida... dei mais uma corridinha, porque na descida todo santo ajuda.

Fui até o final de novo, retomei um ritmo mais lento, voltei até a metade e aí deu minha meia hora. Voltei pra casa. Feliz, satisfeito.

Aproveitando que eu estava na pegada, entrei em casa e fui fazer umas abdominais antes de banhar. Graaaande ideia do gênio dos treinamentos. Aí me deu cãimbra. Na barriga. Parecia que ia me dar um nó nas tripas.

Só sei que fui pro banho e minha pressão deve ter caído. Deu um mal-estar e tudo. Minha preguiça se manifestou revoltada. Meu sedentarismo se voltou contra mim. Quase bati minhas botas (ou tênis de corrida).

Condicionamento físico zero. Um terror. Sedentário de carteirinha. Isso porque só fiquei lá meia horinha. Quase faleci. Ainda assim espero entrar no ritmo. Vamos ver se quarta-feira as coisas melhoram no meu segundo dia.

--
Oi? Eu ir correr amanhã? Cêis tão doidos. Não é assim que a banda toca... Já tô indo de boa vontade, me deixa quieto no meu "estilo" (ou falta dele). Eu hein...

2 comentários:

Caio Domingues disse...

Sorte!

Lois Lane disse...

Haha! Faça com eu, adote os dois exercícios mais bacaninhas: Levantamento de copo e de garfo!
Bjo!